Escritores lusófonos lançam obras inéditas no Flipoços

Convidados como João Pinto Coelho e Patrícia Portela de Portugal e Dany Wambire, de Moçambique, são destaques da programação .

Estão confirmadas as presenças de quatro escritores lusófonos na 13ª edição do Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços, que com o tema “A literatura & outros saberes” segue homenageando a língua portuguesa. Neste ano serão recebidos os autores portugueses João Pinto Coelho e Patrícia Portela, com lançamentos inéditos no Brasil e os autores Dany Wambire e Manuel Mutimucuio, de Moçambique. Ambos também farão lançamentos exclusivos no festival.
Neste ano, a documentarista, Ana Ventura Miranda, apresenta também o documentário “Portugueses no SoHo”, sobre os portugueses que vivem em Nova York. O filme terá exibições tanto no espaço do festival como no Instituto Moreira Salles.
A portuguesa Patrícia Portela estará no festival por um oferecimento da editora Dublinense e Centro Nacional de Cultura e lança o livro “A coleção privada de Acácio Nobre”, que é o resultado de uma pesquisa de quase duas décadas e resultou na apresentação de um catálogo de projetos e arquivos de ideias do artista, considerado o “Leonardo Da Vinci português” e que teve quase todos os rastros destruídos pela ditadura salazarista.
“Estou muito curiosa para conhecer o Flipoços. Os festivais literários no Brasil têm uma dimensão, uma densidade e uma dedicação à literatura como lugar de encontro e reflexão que sempre quis provar e conhecer. É uma honra poder estar presente com meu livro”, destacou.
Já o premiado autor João Pinto Coelho lança o inédito “Os loucos da rua Mazur”. Esta será a primeira vez dele no Brasil.
“É a minha primeira vez no Flipoços e é a minha primeira vez no Brasil. A expectativa é muito grande, conheço o prestígio desta iniciativa, e poder estar presente num lugar tão distante mas simultaneamente tão próximo, um onde se fala de livros e se discute uma língua comum tem de ser entusiasmante”, comentou o escritor.
No dia 06 de maio, ele encerra a programação do festival em um bate-papo mediado pela curadora do Flipoços, Gisele Corrêa Ferreira. “O João Pinto Coelho tem uma obra ótima e ainda inédita no Brasil, embora já premiada. O romance do autor reflete como foi possível pessoas aparentemente normais acabarem por participar do Holocausto de forma extremamente violenta e é um tema bastante importante para ser discutido”, disse.
A vinda de João Pinto Coelho ao Brasil tem participação direta da Embaixada de Portugal, através do apoio e patrocínio do Camões - Instituto da Cooperação e da Língua.
Além disso, em uma parceria que valoriza também a literatura moçambicana, o autor Dany Wambire retorna ao Flipoços neste ano para lançar o inédito “A mulher sobressalente”, através de uma parceria com a editora Malê. Ele já esteve no festival em 2017, acompanhando a comitiva de autores moçambicanos, que participou de diferentes atividades durante os nove dias do evento. Neste ano, acompanhando-o, estará o crítico literário e escritor Manuel Mutimucuio.

Homenagem ao Dia da Língua Portuguesa
Durante todo o Flipoços, que ocorre entre os dias 28 de abril a 06 de maio, os autores lusófonos participam de mesas, bate-papos, visitas e no dia 05 de maio, quando é celebrado o Dia da Língua Portuguesa, participam de uma roda de conversa especial. Estão convidados para o debate os autores João Pinto Coelho, Dany Wambire, Manuel Mutimucuio, a brasileira Andréa Del Fuego, vencedora do Prêmio José Saramago com o romance “Os Malaquias”. A mediação é da professora, escritora e pesquisadora, vencedora do Prêmio Jabuti em 2017, Susana Ventura.
Além destas atrações, após o encerramento do Flipoços, a curadora do festival acompanhará os autores Dany Wambire (de Moçambique) e João Pinto Coelho (de Portugal) à Belo Horizonte a convite o Sesc Palladium, como um desdobramento do festival na capital mineira. Na sequência, o trio visita Brasília (DF) a convite do Instituto Camões e da Universidade Federal de Brasília (UNB).
Parceria lusófona nas edições anteriores
A celebração da lusofonia já é uma prática do Flipoços há oito anos, como tentativa de valorizar a língua portuguesa. Conforme explica a curadora, Gisele Correa Ferreira, este é um núcleo permanente de abordagem. “Nossa relação com autores, autoridades e pensadores dos países lusófonos tem se estreitado a cada ano. O Flipoços hoje é um festival muito conhecido em Moçambique, Angola e Portugal, por exemplo, e através dele tenho recebido vários convites para passar um pouco de nossa experiência. Fui convidada recentemente para o festival literário em São Tomé e Príncipe, mas infelizmente, não pude ir. Fui convidada também para participar esse ano do Folio – Festival Literário de Óbidos, cidade portuguesa em setembro. E lá estarei para compartilhar nossa experiência e levar um pouco da literatura brasileira para fora também”, destacou.
Já passaram pelo Flipoços autores portugueses como o premiado e mundialmente conhecido Afonso Cruz, bem como José Luis Peixoto, Nuno Carmaneiro, Roza Dias, entre outros.

 

Além disso, em 2017, o Flipoços recebeu uma comitiva com sete autores moçambicanos, reforçando também uma parceria com outros países de língua portuguesa. Entre os autores estiveram presentes o premiado Ungulani Ba Ka Khosa, a primeira mulher a publicar um romance no país, Paulina Chiziane, o premiado romancista Lucilio Manjate, os poetas Mbate Pedro e Sangari Okapi, o autor Dany Wambire e o crítico literário Rui Laranjeira.
O Flipoços
O Flipoços 2018 e a 13ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas são realizados pela GSC Eventos Especiais e acontecem de 28 de abril a 06 de maio no Espaço Cultural da Urca. O Flipoços 2018 conta com o patrocínio do DME, Mineração Curimbaba, Codemge, Climepe, Fibrax, Supervale Supermercados, BDMG Cultural e Prefeitura de Poços de Caldas. Parceiro Cultural Sesc Minas, Instituto Camões, Editoras Sextante, Dublinense, Malê, Faro Editorial, Aletria, Leya, Trilha Educacional, Edições Sesc São Paulo. Mais informações ligue (35) 3697 1551.

Informações para a Imprensa
Jéssica Balbino
balbino.jessica85@gmail.com 
35 3697 1551 | 35 9 9160 3755