circuito-pegada-literaria-flipocos-2018.htm

Atividades no presídio, Museu Histórico e IMS fazem parte da programação oficial.

Abrindo o calendário brasileiro de festas literárias e com o tema “A literatura & os outros saberes”, o Festival Literário Internacional de Poços de Caldas, o Flipoços, que ocorre entre os dias 28 de abril e 06 de maio traz na programação desta 13ª edição oficinas, workshops e várias atrações que vão além do Espaço Cultural da Urca, onde acontecem algumas palestras e a feira de livros.
As oficinas estão programadas para ocorrer a partir do dia 02 de maio e as pessoas interessadas devem se inscrever antecipadamente. Estão confirmadas oficina de contos e de poesia e música com a escritora Kátia Pino, oficina “Mão em Mosaico”, com a escritora Fátima Coelho.
Estão agendadas também oficinas de “Literatura de Terror e Suspense” para pessoas com idades entre 10 e 16 anos com os premiados escritores Victor Bonini e Marcos DeBrito e também a oficina “Literatura e Dramaturgia – como começar uma história” com o dramaturgo Walter Macedo Filho. A programação completa das oficinas pode ser vista no link: http://flipocos.com/paginas/oficinaseworkshops.html

Circuito Pegada Literária
Além das oficinas e atrações diárias no Espaço Cultural da Urca, o Flipoços promove também sessões de cinema e rodas de conversa em diferentes espaços. No dia 02 de maio, o Instituto Moreira Salles (IMS) em Poços de Caldas recebe, às 15h, a sessão do filme “Vida e Obra de Candido Portinari”, com João Candido Portinari. Às 16h30, recebe a homenagem aos 70 anos do escritor Caio Fernando Abreu, com Sérgio Montero apresentando “Um passeio pelas paisagens ‘wild side’ dos contos de Caio Fernando Abreu”. Ainda no mesmo dia, às19h, o Centro Cultural Afro Brasileiro Chico Rei recebeu o encontro de literatura moçambicana, com os escritores Dany Wambire e Manuel Mutimucuio.
No dia 03 de maio às 19h30 o IMS recebe a exibição do filme “Portugueses no SoHo”, que pretende recuperar a herança portuguesa em Manhattan, nos EUA, da diretora portuguesa Ana Ventura Miranda. Esta ação é oferecida ao Flipoços pelo Arte Institute de Nova York.
Já no dia 04 de maio, o rapper Dexter fará uma visita seguida de um bate-papo aos detentos do Presídio de Poços de Caldas. A atividade é uma parceria entre o Flipoços e a Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi).
Programação no Museu Histórico e Geográfico
A biblioteca Nilza Megale, dentro do Museu Histórico e Geográfico vai receber diferentes atividades durante o Flipoços. No dia 1º de maio às 17h ocorre a mesa “Literatura e Psicologia – Alma e psicologia pré-científica”, com Antonelli de Alvim Braga.
No dia 02 de maio às 15h ocorre a mesa “Literatura Clássica – Rosa”, com Odilon Moraes e o conto “A terceira margem do rio”, que celebra os 110 anos do escritor Guimarães Rosa.
Já no dia 03 de maio às 9h30, o pátio do museu recebe o encontro “Os clássicos da literatura para adolescentes”, com o escritor, poeta e músico Fernando Nuno.
Neste mesmo horário, na biblioteca do museu ocorre a mesa de literatura infantil “Africanidades”, com o autor Sérgio Túlio Caldas, baseado no livro “Com os pés na África”.
Às 19h o jornalista Igor Patrick lança o livro “Aquilo que resta de nós – um pedido de socorro de haitianas estupradas pelos soldados da ONU” e faça sobre reportagem literária. A mesa é um oferecimento da Páginas Editora.
Às 19h o autor José Santana Filho lança o livro “Flor de Algodão”, com bate-papo mediado pela jornalista Ivani Cardoso.
Nesta mesma data, a escritora Maria Célia de Abreu lança o livro “Velhice, uma nova paisagem”. Também com mediação de Ivani Cardoso.
No dia 04 de maio a escritora mexicana Yvette Pais realiza o bate-papo “A importância da leitura infantil e outras línguas – entrelaçando pontes culturais e literárias entre Brasil e México”.
Casa Philos
Entre os dias 03 e 06 de maio, a Casa Philos estará no Flipoços com uma programação inédita, no segundo piso do Museu Histórico e Geográfico de Poços de Caldas, ao lado do Espaço Cultural da Urca.
Esta é a primeira vez que a Philos montará uma “casa” em um evento literário no Brasil, cuja ocasião, também reserva uma novidade, o lançamento da segunda edição impressa da Revista Philos – Literatura e Artes. A programação completa da Casa Philos pode ser vista no link http://flipocos.com/paginas/museu-casaphilos.html
Casa LabPuB
Também inédita no Flipoços, a Casa LabPub criada por André Castro e Cassia Carrenho terá uma programação especial no festival. Serão ministrados três workshops durante o dia 05 de maio na biblioteca Nilza Megale, no Museu Histórico e Geográfico, ao lado do Espaço Cultural da Urca.
Entre a programação estão os workshops “Afinal, o que faz um editor de livros?”, com Alessandra Ruiz, que é editora de aquisição da Sextante, “Carreira de Autor”, com Pedro Almeida, que é Publisher da Faro Editorial e “Produtos Digitais”, com Camila Cabete, da Kobo. Haverá ainda a mesa “O herói provisório”, com a escritora Etel Frota, mediada pelo escritor poços-caldense Tadeu Rodrigues e a mesa “Mercado editorial, uma mistura de saberes”, com Alessandra Ruiz, Pedro Almeida, Camila Cabete e mediação de Cassia Carrenho.

O Flipoços
O Flipoços 2018 e a 13ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas são realizados pela GSC Eventos Especiais e acontecem de 28 de abril a 06 de maio no Espaço Cultural da Urca. O Flipoços 2018 conta com o patrocínio do DME, Mineração Curimbaba, Climepe, Fibrax, Supervale Supermercados e Prefeitura de Poços de Caldas. Parceiro Cultural Sesc Minas, Instituto Camões, Editoras Sextante, Dublinense, Malê, Faro Editorial, Aletria, Leya, Edições Sesc São Paulo. Mais informações ligue (35) 3697 1551.

Informações para a Imprensa
Jéssica Balbino
balbino.jessica85@gmail.com 
35 3697 1551 | 35 9 9160 3755